Imagem - Construtora Altti

Blog

4 de maio, 2020

Descubra o que ninguém te conta sobre financiar um imóvel

Imagem - Construtora Altti
Tempo de leitura 3 min

Sair do aluguel e dar o passo para a aquisição da casa própria é o sonho de muitos brasileiros. Nessa hora, alguns detalhes sobre como financiar um imóvel são fundamentais para sua decisão de compra.

O mais importante para fazer o negócio certo é deixar a ansiedade de lado e se planejar para todos os passos essenciais que virão a seguir da sua decisão. Apesar de todos saberem sobre as possibilidades de financiamento, alguns segredos nem sempre são revelados.

Quer conhecer alguns detalhes indispensáveis que você precisa decidir na hora de comprar um imóvel? Então confira aqui 3 informações muito importantes que deve saber! Vamos lá?

Sistemas de financiamento SAC e Price

O sistema de amortização é a fórmula do cálculo que será utilizada para pagar a sua dívida de financiamento, alterando somente a forma como os juros são calculados no período. Os dois modelos mais comuns são SAC e Price. Conheça as diferenças!

Sistema de Amortização Constante (SAC)

Nesse sistema a amortização do saldo devedor é constante ao longo do período. No entanto, com o passar dos anos a prestação é mais baixa porque reduz o pagamento dos juros.

Price

Aqui, o valor das prestações é fixo durante todo o período de contrato. Mas no Price as primeiras parcelas são mais altas, compostas quase que em sua totalidade pelos juros do contrato. No decorrer dos anos, a proporção de amortização do valor é maior e dos juros é menor.

Limite de comprometimento da renda para o financiamento

Para a aprovação do crédito para financiamento imobiliário, o banco ou a construtora responsável faz uma análise de endividamento do cliente. Na prática, só é possível assumir prestações que não ultrapassem 30% do valor total da sua renda para não comprometer a sua capacidade de honrar com os seus compromissos financeiros.

Pagamento antecipado das parcelas ou valor total

Durante o período de financiamento do seu imóvel, é possível fazer amortizações da sua dívida para reduzir o valor das parcelas e o saldo devedor. Existem duas formas de realizar essa operação, pelo pagamento antecipado ou pelo valor total. Confira as possibilidades!

Antecipação das parcelas

Ao longo do período é viável efetuar o pagamento de alguns ‘balões’, com a redução do saldo devedor. Essa operação é chamada de pagamento antecipado de parcelas, o que reduz os juros sobre o período e o valor mensal das prestações que ainda estão em aberto.

Valor total

É possível fazer uma poupança e quitar o saldo devedor do seu financiamento à vista, obtendo descontos nos juros das parcelas que ainda não venceram e, por esse motivo, reduzindo o valor total do financiamento.

Na hora de fazer um financiamento imobiliário, é necessário estar ciente das opções e quais delas mais se adequam ao seu perfil econômico. Para fazer o melhor negócio, uma boa escolha tanto do imóvel quanto do modo de financiamento pode fazer toda diferença no valor final.

Bom, agora que você sabe alguns segredos sobre como financiar um imóvel, aproveite e saiba também como comprar um apartamento sem se endividar!